Espiritualidade

Meditação para abrir o sexto chakra e o terceiro olho

A glândula pineal é pequena, do tamanho de uma ervilha. Ele está localizado no centro do cérebro, na altura das sobrancelhas, e é um melatonina glândula libera, o “hormônio da juventude eterna”, um hormônio que funciona como um antioxidante, tem propriedades anti-câncer e anti-envelhecimento. Estamos falando da glândula pineal.
Os antigos filósofos chamavam a sede da alma. O filósofo francês René Descartes dedicou grande parte de sua vida à pesquisa da glândula pineal, já que, de acordo com sua concepção dualista, constituía a história física da alma.
Para os monges tibetanos, a glândula pineal, ou Terceiro Olho, está associada ao sexto chakra, Ajna, chamado Olho da Sabedoria, símbolo da iluminação. Se temos esse centro de energia bloqueado, somos incapazes de ver a verdade e a realidade como ela é, ao contrário, se esse chakra é ativado, nossos sentidos estão abertos para o mundo exterior, enquanto nos conectam com o mundo interior, ter uma visão mais profunda da vida.
Nossos olhos nos mostram o mundo em que vivemos. O terceiro olho, o olho da mente, é a visão interior que nos leva a estados mais elevados, onde todos os mistérios da existência podem ser resolvidos.

Resultado de imagem para terceiro olho

Segundo a lenda tibetana, no início dos tempos, todos os homens e mulheres poderia usar o terceiro olho, mas a humanidade era ganancioso, e tive visões de substituir os deuses, e tentou matá-los, esquecendo que o que a O homem podia ver, os deuses viam melhor. Como punição, eles fecharam o Terceiro Olho do homem; a partir desse momento, apenas alguns nascem com a capacidade natural de clarividência, embora hoje existam métodos para recuperar essa capacidade perdida.
Como uma introdução ou a explorar este conceito interessante, recomenda-se a aumentar a sua própria produção de melatonina, através de uma dieta que inclui suco de limão, alho, vinagre de maçã, cereais, como quinoa e amaranto. Além disso, o exercício físico e meditação diária. Os exercícios de meditação e visualização criativa ajudam a treinar a percepção ou o sexto sentido, também para se conectar com a natureza e com o nosso ser interior.
No início dos anos 90, a pesquisadora chilena Fresia Castro Moreno, criou um método chamado Cyclopea, que, através de técnicas simples, inflama a capacidade criativa original que todo ser humano tem de participar de uma nova realidade. Esse workshop, de corte “científico-espiritual”, tem cada vez mais adeptos em todo o mundo, atraídos pela promessa de retardar o envelhecimento, acabar com o estresse, conectar os dois hemisférios cerebrais, regenerar as células do corpo.
Começa com um breve relaxamento, para continuar com um tour pelo que é chamado de “mapa de rota”, onde o iniciado é ensinado a reconhecer a situação da energia de seu corpo e os pontos que requerem harmonização. A experiência continua com práticas para ativar a capacidade criativa, e com isso, “conectar” com o ser / energia que somos, aumentando a compreensão da verdade global.
Milhares de pessoas em todo o mundo ativaram sua glândula pineal, ou terceiro olho, após a promessa de alcançar estados de felicidade permanente. Ciência e espírito se unem mais a cada dia.
“Com o terceiro olho você pode ver as pessoas como elas realmente são”, The Third Eye – Lobsang Rampa.


GeraLinks - Agregador de links


usuários online gratis